UFMA Imperatriz ganha canal de rádio e de TV universitários

O Centro de Ciências de Imperatriz (CCIM), da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), recebeu a concessão de canal de Rádio e de TV Universitários, que ficarão sob a coordenação do Curso de Jornalismo do CCIM. A cerimônia de outorga dos novos canais de rádio e TV universitários ocorreu na tarde desta terça-feira (17), em Brasília, no auditório do anexo 1 do Palácio do Planalto, com a presença de ministros do Governo Federal e também de representante da gestão superior da UFMA, o reitor professor Natalino Salgado Filho, o vice-reitor, professor Marcos Fabio Belo Matos e o diretor do CCIM, professor Leonardo Hunaldo.

A iniciativa é uma ação conjunta da Empresa Brasileira de Comunicação (EBC), Secretaria de Comunicação da Presidência da República (SECOM) e dos Ministérios da Educação e das Comunicações e visa a expansão da Rede Nacional de Comunicação de Pública (RNCP), por meio de novas concessões de Rádio e TV públicas, em especial para as universidades federais. A iniciativa também teve o apoio da Associação dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), por meio do Colégio de Gestores de Comunicação da Andifes (Cogecom).

Para o reitor, professor Natalino Salgado Filho, as outorgas representam um passo adiante na consolidação do processo de interiorização da UFMA. “Esses dois canais vão fortalecer a comunicação pública que é feita no sul do Maranhão, beneficiando, diretamente, os Câmpus de Imperatriz, Grajaú e Balsas, ampliando a divulgação das ações da nossa universidade e levando mais longe nossa identidade institucional”, avalia.

As universidades federais operam, atualmente, cerca de cinquenta estações. A maior parte delas integra a Rede Nacional de Comunicação Pública, que conta com 109 emissoras de rádio e de TV no país. Considerando-se as 100 novas estações em potencial, será possível quase triplicar o número de emissoras operadas por universidades federais, ampliando significativamente a rede pública de rádio e televisão.

As novas TV e Rádio universitárias deverão ficar sob a coordenação do curso de Jornalismo de Imperatriz e, em uma etapa posterior, serão buscados recursos para a estruturação técnica das emissoras, como instalações físicas, equipamentos e pessoal. “Tudo isso leva um tempo, mas estamos bastante confiantes em que, em médio prazo, poderemos já ter as emissoras funcionando. Para isso, será vital a busca de recursos financeiros, na forma de aporte de ministérios, projetos e emendas parlamentares”, afirma o vice-reitor da UFMA, professor Marcos Fábio Belo Matos.

O Superintendente de Comunicação e Eventos, Fernando Oliveira, exaltou a conquista para a Universidade. “É mais um compromisso da gestão Natalino Salgado que se concretiza. A comunidade acadêmica do Centro de Ciências de Imperatriz e a comunicação da região tocantina terão muito a ganhar com a implantação de uma emissora de TV e de Rádio universitárias. Parabenizo as equipes da TV UFMA e da Rádio Universidade pelo empenho na formalização da proposta apresentada à EBC.

O diretor do CCIM, professor Leonardo Hunaldo, avalia a importância das concessões: “A concessão da Rádio e da TV para a UFMA Imperatriz é um marco histórico para comunicação, não apenas da Universidade Federal do Maranhão, mas também de toda a região tocantina, já que essa rádio e essa TV vão trabalhar com uma programação baseada justamente em tudo o que ocorre na região, de eventos acadêmicos, culturais, divulgando as questões regionais. E vem para nos brindar! Nós que temos um curso muito forte de Jornalismo, mestrado em comunicação social e agora a rádio e a TV. Elas vêm para consolidar a comunicação da UFMA Imperatriz”.